Economia
04/07/2018 - 05h07

Não pode comprar uma Ferrari? Compre uma ação por US$ 80


A companhia de seguros de carros clássicos Hagerty afirma que o valor dos carros clássicos de primeira linha aumentou cerca de 300 por cento nos últimos 10 anos
 
A Rally Rd. não é uma empresa de investimento típica de Manhattan. Seus cerca de 15 funcionários trabalham confortavelmente de camiseta e boné de beisebol na frente dos computadores. Fotos emolduradas de modelos antigos da Mercedes-Benz -- um pouco grandes para o escritório apertado -- adornam as paredes brancas e os jardins suspensos devem chegar em breve pelo correio. Outra coisa que os diferencia: o pessoal da Rally não está selecionando ações e títulos. Eles estão à procura de carros antigos em perfeitas condições.
 
O aplicativo para smartphones da Rally Rd., lançado para iOS no fim de 2017, permite que investidores individuais comprem ações de veículos de luxo e de coleção. Depois de percorrer imagens brilhantes no aplicativo, uma participação no carro dos seus sonhos pode ser adquirida a partir de US$ 38,80. Os preços totais, ou “valores de mercado”, dos carros variam de US$ 77.000 por um Lotus Esprit S1 modelo 1977 até US$ 495.000 por um Jaguar XJ220 modelo 1993 -- quantias que, se fossem pagas na íntegra, estariam fora do alcance de muitos investidores leigos.
 
“Não era legal e nem tecnologicamente possível investir nessa classe de ativos alternativos antigamente”, diz o diretor financeiro Max Niederste-Ostholt. “Nós pensamos nisso há muito tempo e pensamos, quando vamos poder entrar nessa classe de ativos sem termos um depósito inteiro para guardar carros?”
 
Democratização
 
Os fundadores da Rally Rd., todos na casa dos 30, são o CEO Christopher Bruno, o diretor de produtos Rob Petrozzo, e Niederste-Ostholt -- que trabalhou no Barclays. Bruno vem de uma família de mecânicos e “sempre entendeu essa classe de ativos”, diz Petrozzo, que aos oito anos tinha uma maquete em escala do Jaguar XJ220 que aparece na Rally Rd. A missão deles é democratizar os investimentos em carros de coleção.
 
Os três fundadores concluíram que as pessoas comuns não deveriam perder a oportunidade de aproveitar o desempenho positivo dos investimentos em carros clássicos, que, de acordo com Petrozzo, vêm avançando para cima e para a direita há anos.
 
A companhia de seguros de carros clássicos Hagerty afirma que o valor dos carros clássicos de primeira linha aumentou cerca de 300 por cento nos últimos 10 anos. Uma edição de competição de uma Ferrari 512 BBi modelo 1983, por exemplo, mais do que dobrou de valor nos últimos cinco anos, de US$ 142.000 em setembro de 2013 para US$ 300.000 em maio de 2018. O valor do veículo atingiu o pico em setembro de 2015, cerca de US$ 360.000. As ações da Ferrari estarão disponíveis para compra na Rally neste trimestre a US$ 175 cada. Uma ação da Ferrari Testarossa modelo 1985, que é totalmente financiada, custa US$ 82,50.
 
O aplicativo da Rally Rd. para dispositivos móveis atrai os investidores com suas imagens elegantes de veículos de luxo. Recentemente foi um BMW M3 Lightweight modelo 1995, o único carro na plataforma aberto a investimento agora, mas outros cinco veículos já foram totalmente financiados. O aplicativo fornece aos usuários as especificações -- entre elas a quilometragem, a raridade, o local de fabricação e detalhes de restauração, onde possível -- e depois oferece uma proposta simples entre sim e não: investir ou não.
 
“Queríamos que o visual e a sensação fossem exatamente iguais aos de todas as outras ações”, diz Petrozzo.
 
 
Bloomberg 
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por