Cidades
30/11/2020 - 09h25

Santos realiza força-tarefa de prevenção à covid-19


Também foi implantada barreira sanitária em acessos de Santos, evitando a entrada de vans e ônibus de turismo não autorizados
 
 
Uma grande força-tarefa está sendo realizada pela prefeitura de Santos, desde a noite de sexta-feira, 27, para evitar a proliferação do novo coronavírus, que infectou mais de 1,6 mil moradores da cidade nas duas últimas semanas e elevou o índice de ocupação de leitos de UTI, em especial os particulares.
 
Estão sendo realizadas ações de fiscalização em estabelecimentos comerciais, além de barreira sanitária em acessos de Santos, evitando a entrada de vans e ônibus de turismo não autorizados.
 
Neste sábado, a Seção de Vigilância Sanitária (Sevisa), da Secretaria de Saúde, esteve em um shopping center na Aparecida para verificar a adoção dos protocolos de prevenção, tanto em relação às áreas comuns, como no interior das lojas.
 
Nos estabelecimentos que comercializam alimentos também foi avaliado o cumprimento da legislação sanitária. Dez foram intimados a  se adequar às normas. Eles passarão por nova fiscalização, sem aviso prévio, para verificar o cumprimento da intimação. Em caso de reincidência, é aplicada multa.
 
“A Sevisa se preocupa com a adoção de atitudes que previnam o cliente de uma possível contaminação por covid-19, mas mantém o olhar apurado com toda situação que possa colocar em risco o frequentador do shopping”, explica Luciane Valente, chefe da Sevisa.
 
Outras 30 lojas precisaram de orientações sanitárias, totalizando, então, 40 estabelecimentos em que os fiscais precisaram reforçar junto aos lojistas as medidas que devem ser adotadas para prevenir a covid-19.
 
Outros shopping centers da Cidade passarão por fiscalização nas próximas semanas, sem aviso prévio.
 
Autuações
 
Vinte bares foram visitados entre a noite de sexta-feira e madrugada de sábado, 28, em uma ação que intensificou a fiscalização rotineiramente para averiguação do cumprimento das normas sanitárias.
 
“De modo geral, os estabelecimentos estão cumprindo as regras sanitárias e encerrando as atividades no horário estabelecido. Apenas um auto de infração foi lavrado por desrespeito aos protocolos”, destaca Mabel Cardama, chefe do Departamento de Fiscalização Empresarial e Atividades Viárias (Defemp), da Secretaria de Finanças.
 
Outro estabelecimento também recebeu auto de infração, mas pela execução de música ao vivo sem prévia autorização.
 
A fiscalização continua na noite deste sábado e madrugada de domingo, 29, conduzida pelo Defemp, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar (PM).
 
Barreiras
 
Para evitar aglomeração nas praias santistas, duas barreiras sanitárias foram montadas: uma na Avenida Presidente Wilson, na altura do Emissário Submarino (orla do José Menino), próximo à divisa com São Vicente, e na  Avenida Martins Fontes, no Saboó, principal acesso de quem vem da Capital e do interior. O objetivo é não permitir a passagem de ônibus e vans de turismo não autorizados.
 
Veículos de city tour que já haviam obtido permissão da Secretaria de Turismo não tiveram o acesso impedido. Porém, agora, está temporariamente suspensa a emissão de novas autorizações.
 
A ação iniciou às  3h30 deste sábado, com dez veículos abordados, dos quais oito já tinham obtido autorização. Orientadas, duas vans retornaram à  cidade de origem.
 
A Guarda Civil Municipal (GCM) é responsável pela ação, em conjunto com a Companhia de Engenharia de Tráfego e Setur, com apoio da Polícia Militar.
 
Denúncias
 
Dentro do esforço de prevenir a covid-19 no município, a população também pode colaborar denunciando irregularidades pelo telefone 153, da GCM.
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por