Cultura e Entretenimento
04/12/2020 - 10h49

Festival Santista de Teatro oferece diversas atrações virtuais


Até domingo (6) poderão ser conferidas produções regionais, nacionais e muita troca de ideias sobre o fazer artístico
 
 
Em sua 62ª edição, o Festival Santista de Teatro – Festa segue promovendo espetáculos, mesas de debate e atividades formativas. Para atender aos protocolos sanitários da Organização Mundial de Saúde (OMS) e o distanciamento social, o tradicional evento também migrou para internet (https://www.youtube.com/CulturaSantos). Até domingo (6) poderão ser conferidas produções regionais, nacionais e muita troca de ideias sobre o fazer artístico. 
 
Sexta-feira (4), às 15h, a atriz e diretora Janaína Leite ministra atividade formativa. Às 19h30, o Coletivo 302 abre a sequência de apresentações com 'Vídeo Retrato: Vila Parisi / Quadro 2 – Construção' (Mostra Regional). Na sequência, às 19h40, tem a estreia de 'Estação Cidade Ferro', da U[z]ina Coletiva (Regional).
 
Depois, às 19h50, ocorre a apresentação de 'Carascáries', de Julia Tempesta (Mostra Nacional). A mesa de debate 'Articulação de Estratégias para 2021 e reflexão sobre o processo de articulação e luta da Lei Aldir Blanc na Baixada Santista' encerra a noite, às 20h.
 
Às 10h30, atividade formativa do ator e dramaturgo Victor Nóvoa abre a agenda de sábado (5). Mais tarde, às 15h30, o público poderá estudar as dinâmicas por Janaína Leite. A noite de exibições abre com o espetáculo 'História pra boi dormir', do Casa 3 (Regional), às 19h30. 'E se fôssemos nós?', do Teatro JN (Regional), tem projeção às 19h45. 'Conversa de Casulo – Solidão', Grupo de Teatro Pernas pro Ar (Nacional), encerra o penúltimo dia, às 19h50.
 
Victor Nóvoa retorna e abre as atividades de domingo (6), às 15h. 'Abrazo', do Grupo de Teatro Clowns de Shakespeare (Mostra Nacional) tem estreia às 19h30. O Festa não termina aí. A programação ainda traz, no dia 12, a atividade 'Panorama Festa 62: Conversa com mediação de Alexandre Mate e Ato Viva Pagu'. Intermediada pelo ator, diretor, pesquisador e professor universitário, a conversa fará um balanço da edição de 2020 do mais antigo festival de artes cênicas do País.
 
ABERTURA
 
A programação teve início na última terça-feira (1º), com a exibição de documentário sobre a história do Movimento Teatral da Baixada Santista e o Teatro Rosinha Mastrângelo. Depois, ocorreu a Mesa de Abertura com os organizadores do Festival e apresentação do espetáculo 'Autobiografia Autorizada', monólogo escrito e interpretado por Paulo Betti.
 
Este ano, o tema 'Brasil Imaterial – Presente, Passado e Futuro' pautou o processo de curadoria coletiva na seleção das seis obras que compõem a Mostra Regional, com vídeos experimentais de pelo menos 5 minutos de duração. Já as mostras Estadual e Nacional reúnem montagens com proposta livre e tempo de duração entre 5 e 10 minutos. O Festival conta ainda com ações formativas conduzidas pela diretora e pesquisadora Janaína Leite e pelo dramaturgo Victor Nóvoa.
 
A programação completa pode ser conferida no canal do Festa (https://bit.ly/39AGHJ6).


Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por