Repórter Cidadão
11/10/2012 - 08h02

Por estátua, músico que acompanhou Carmen Miranda apela a Dilma


Presidente Dilma Rousseff, aos 86 anos, sou o último sobrevivente do conjunto vocal Bando da Lua, que acompanhou Carmen Miranda em sua carreira internacional. Meu nome artístico era Russinho. Esta carta visa a sensibilizá-la para fazer uma homenagem a Carmen, artista que tanto amou o Brasil e o promoveu pelo mundo afora.

Corre pelo país um abaixo-assinado pela construção de uma estátua para ela no Rio de Janeiro. Se vier a ser construída, nada mais justo, pelo valor artístico de Carmen, sua brasilidade e sua capacidade de contagiar tantas plateias para a nossa música – de que fui testemunha por muitos anos.
 
Outros artistas, cujos méritos reconheço, têm recebido homenagens desse gênero. Apelo à sua sensibilidade para que Carmen não fique esquecida.




José F. Soares